Veja como votou o deputado que agora quer o seu voto. Ferramenta interativa

Publicado por

RETRÔ

Eleições casadas, com disputas de múltiplos cargos simultaneamente, criam enormes dificuldades para os eleitores. No caso brasileiro, muitos candidatos podem concorrer a uma vaga no legislativo lutando por votos em um distrito eleitoral. Junte-se a isso a pouca cobertura da imprensa nas eleições para deputado estadual ou federal.

Quase sempre, os jornais dedicam atenção à eleição presidencial ou para os governos estaduais. Com isso, o eleitor acaba tendo um alto custo para saber exatamente quais são os candidatos que concorrerem à Câmara dos Deputados ou Assembleias Legislativas, ou mesmo o que eles propõem ou como se posicionam sobre temas relevantes.

Esse cenário tem outro fator complicador. Nós acompanhamos pouco o que os deputados fazem ou como votam. O interesse só cresce quando o assunto domina a pauta nacional. O legislativo, no entanto, joga um papel central, porque cabe a ele votar os temas propostos pelo governo, fiscalizar as ações do Executivo ou mesmo discutir e votar o impeachment de um presidente. Então, é um voto importante que precisa ser bem pensado e analisado.

Para tentar ajudar os eleitores, criei a ferramenta interativa Voto Retrô. O nome é uma referência a algo conhecido na ciência política. O voto retrospectivo exige do eleitor lembrar como os candidatos se posicionaram no passado para, a partir disso, tomar uma decisão sobre o voto. O Voto Retrô tenta, portanto, ajudar o eleitor em pelo menos quatro grandes votações que foram marcantes na política nacional.

votoretro

Com a aplicação de poucos filtros você consegue saber como os deputados votaram na aceitação do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, na PEC do Teto de Gastos, na rejeição à denúncia contra o presidente Michel Temer e na Reforma Trabalhista. Esses temas dominaram a pauta política do Brasil desde 2015 e são, a meu ver, votações que podem contribuir para o eleitor tomar uma decisão no dia 7 de outubro. É possível também fazer recortes por bancadas estaduais e partidos políticos.
Ajude a compartilhar

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s